Arquivo para abril, 2009

Gripe suína vira algoz e vítima da recessão

Posted in nação with tags , , , , , on 29 de abril de 2009 by multicolorido

 

Para especialistas da UnB, pandemia pode agravar crise global. Economia fraca engessa reação dos governos contra a doença
Rafael Fontana – Da Secretaria de Comunicação da UnB

 

A pandemia de gripe suína está se transformando em carrasco e, ao mesmo tempo, em uma vítima da recessão global, conforme avaliações feitas por especialistas da Universidade de Brasília. Carrasco porque seus reflexos já são sentidos na queda da ações de frigoríficos e de companhias aéreas. E vítima porque a resposta dos governos à doença esbarra nos limites orçamentários de cada país, já que a crise financeira mundial atingiu duramente os cofres públicos.

Poucas semanas depois de governos de todo o mundo anunciarem pacotes que, somados, ultrapassam a marca de trilhões de dólares para socorrer bancos, montadoras e seguradoras, o Banco Mundial acena com um modesto empréstimo de US$ 200 milhões ao México para combater a epidemia. “O contexto dessa doença não poderia ser mais inoportuno”, afirma o vice-diretor do Instituto de Relações Internacionais (Irel) da UnB, Alcides Vaz.

“Quando parecia que o pior da recessão havia passado, surgiu a epidemia. Dependendo da gravidade, a economia mundial poderá sofrer um revés”, diz. O outro lado da relação crise-gripe pode ser ainda mais cruel, uma vez que a recessão global obrigou os governos a comprometerem suas receitas para manter empregos. “Isso restringe a capacidade de os estados alocarem recursos para combater a epidemia”, explica.

Caso ocorra um agravamento da pandemia, diz Alcides Vaz, ela será tratada como prioridade pelos governos, para evitar uma tragédia em escala mundial. Nesse caso, outra área deverá ser “sacrificada” para atender às necessidades de combate à gripe suína. “Não gostamos de ser pessimistas, mas a queda das ações das companhias aéreas pode ser apenas a ponta do iceberg”, alerta.

O professor de Economia da UnB Dércio Garcia Munhoz, porém, afirma que a queda na bolsa de valores, neste momento, aparenta ser resultado de especulação dos mercados. “É difícil avaliar desde já os efeitos da gripe suína na economia global”, pondera Munhoz. “A gripe aviária também teve expectativa de pandemia, mas foi contida”, lembra o professor. Desde 2003, a gripe aviária matou 63 pessoas no Vietnã, Tailândia, Indonésia e Camboja. Dezenas de milhões de aves foram sacrificadas em toda a Ásia, onde a doença é endêmica.

 

Deu pra entender com o desenho?

Deu pra entender com o desenho?

Marcelo Jatobá/UnB Agência

PRECAUÇÃO – Autoridades de todos os continentes já começaram a orientar os turistas sobre os riscos de viajar ao México, Estados Unidos e Canadá, países mais afetados pela gripe suína. No Brasil, ainda não houve um pronunciamento oficial sobre o tema. A Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav-DF), informou que tem uma consulta agendada com a Anvisa para esta terça-feira, 28 de abril, quando decidirão se algum procedimento será adotado.

A Abav informou, ainda, que apoiará integralmente os esforços do governo. Para a agente de viagem Luíza Fonseca, é importante orientar os passsageiros. “Hoje eu não recomendaria que algum cliente meu viajasse ao México”, diz. “Pelo menos por enquanto, eu ofereceria alguma opção no litoral brasileiro”.

MEXICANOS EVITAM BEIJOS

A seguir, relato de Laura Alicia Guzmán, 29 anos, jornalista e moradora da Cidade do México, concedido com exclusividade para a UnB Agência.

“Há muita incerteza sobre o que vai acontecer e sobre quanto tempo durará esta situação. No momento, é necessário tomar todas as precauções devidas, como andar com máscara, não cumprimentar ninguém com beijos e não ir a lugares públicos onde estejam muitas pessoas, coisa difícil nesta cidade grande. Suspenderam os eventos esportivos e culturais e não haverá aulas pelo menos até o dia 6 de maio. Apesar de tudo isso, seguimos bem, a espera de mais informações.”

(Colaborou: Érica Montenegro)

Textos: UnB Agência. Fotos: nome do fotógrafo/UnB Agência.

 

 

 

Preocupante, mas era algo até esperado.

Alguém daria palpites  ???

Até onde essa gripe pode atingir a economia e toda nossas vidas?

Pra mim ELA É a ponta do Iceberg… 

O que Deus espera de uma nação? Parte 1

Posted in nação, oração with tags , , , , , , on 27 de abril de 2009 by multicolorido

As pessoas poderiam dar mil palpites.
Eu arriso alguns, que são pelo menos evidências de um relacionamemto com Deus que deu certo nas histórias Bíblicas. Não quero falar das histórias bíblicas. Pelo contrário, quero colocar em questão a vontade de Deus e a vontade dos homens hoje. È um paradoxo.

Michelângelo já lembrava da criação de Adão e Eva

Michelângelo já lembrava da criação de Adão e Eva

 

  E como seria se os dois andassem de mãos dadas

 

Oração

Muitas vezes o que Deus quer é oração.

Acredite : não tem quase niguém disposto a isso. Quando Ele encontra alguém que  ore pelo seu povo Ele honra. Um exemplo disso é o profeta Jeremias. Ele estava num lugar sozinho sofrendo de tudo, numa geração corrompida que não entregava seu coração de jeito nenhum pra Deus, e não acreditava Nele. Nós estamos no tempo da graça, mas não quer dizer que não sofremos. O homem moderno é um homem extremamente doente. As vezes agente sofre sem ver. Nós sofremos com td, sem porque, sem motivo até. Nós cristão muitas vezes  sofremos com o nosso redor em ver que as pessoas estão enganadas, não adoram a Deus e sim os seus prazeres, a sua vidinha que levam. Famosa geração MTV. O que as pessoas querem é sexo, drogas e Britney Spears ( kkk).

O inferno deve ser bem quentinho mesmo, acreditam alguns.

O inferno deve ser bem quentinho mesmo, acreditam alguns.

Quando não é isso elas querem sexo, dinheiro, fama… Uma vida bem sucedida. Qualquer coisa menos Deus. E como Ele se entristece disso. Td que Ele tem feito em toda história é mostrado que nada vale,tudo é sem sentido se for feito sem Deus. Não importa onde esteja, com quem esteja, qual sua posição social. Ele quer que as pessoas entendam que Ele é a razão da existência delas. Que Ele é o provedor delas, que Ele é td delas.

 Mas o que as pessos acham disso tudo? A vida está tão boa que não precisam de ver ou estão cegos? Está bom um país que privilegia mais uma bunda na TV do que uma programação educativa?   Está bom andar na rua e sentir que não se tem sensibilidade com a fome, com  o desespero, com a nudez do próximo?    

Aqui póode.

Aqui póode.

 

Há… Me perdoem. Mas estamos no país do carnaval, e há de se considerar que aqui todo mundo já está acostumado com a falta de rouba mesmo,  com a falta de sensibilidade e com a falta de escrúpulos também. Somos antes de tudo seres humanos. Todos iguais.

 

Mas o que Deus espera em meio a esse caos?

Em meio a essa geração que prefere dar ouvidos a Cláudia Leite do que um simples apelo de Deus.

Orem por sua nação.

Pode mudar a sua vida

Pode mudar a sua vida

Ore por sua nação.

 

 

 

 

 

Ore por sua nação.

Pode salvar outras vidas

Pode salvar outras vidas

 

 

 

 

Ore por sua nação.

Entregue o que há em tuas mãos.

Entregue o que há em tuas mãos.

Ore por sua nação.

 

 Ele pode restaurar suas feridas, te perdoar. E te restabelecer num lugar novo.  Num Brasil novo.

Pessoas rendidas e corações quebrantados geram uma nova nação.

Ningém falou que seria fácil

Ningém falou que seria fácil

 

Este não é o fim. Parece, mas ainda não chegamos lá. Estamos na reta final, agora é 100 %

 

 

 

 

Ter uma vida de oração é ter uma vida comprometida com o seu próximo.`

Isso faz parte do que chamamos de AMOR.

Jesus nos mostrou esse amor, e o que temos feito com isso?

Mal falamos de Jesus, do que ele realmente pregou aqui na terra.  

Quando vemos alguém falar de Jesus, ele é colocado como ferramenta para seduzir o cliente visando a tão sonhada “prosperidade”.

Mas Jesus é muito mais que isso.

Por isso Ore por sua nação. Quem ama cuida.

Ela

Posted in Uncategorized on 23 de abril de 2009 by multicolorido

Com passos firmes e um olhar incerto, ela trilha seu caminho.
Blusa apertada, coração solto no vento frio que a faz pensar como será daqui pra frente.
Sua cabeça gira, junto com o mundo que cai em suas mãos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Ela olha tudo aquilo e sente a impressão que cresceu para transformar o que lhe foi entregue. Ela começou a se entender como dona de si mesma.

A cada passo um pensamento. A cada pensamento uma pessoa. Por que será que é tão difícil se desconectar daquilo que a formou?
Faz parte dela. A sua pele só transpira desse jeito por que se permitiu dessa forma. Suas cores refletem os lugares que andou e as pessoas que conheceu. 
Mas hoje é um dia diferente.

Ela está ofegante enquanto caminha. Ela sorri mais, fala demais, pensa demais.
Enquanto tudo isso acontece ela se afoga em suas memórias. Vultos que voltam á tona em sua frente, assim derrepente, no meio da rua, fazendo-a mudar de planos.
Com passos firmes, como quem sabe onde quer chegar ela entra em seu apartamento. Suas roupas largadas deixam um rastro leve por onde passa.

 
È assim que ela se encontra no seu espaço: transvestida de pensamentos, ilusoes e expectativas. Ela grita por dentro, mas nem sequer se dá conta disso, apesar das palpitações no seu coração.

Afinal, as coisas fluem com um destino certo pois nela mora um foco e uma direção.

Afinal, as coisas fluem com um destino certo pois nela mora um foco e uma direção.

Mas hoje é um dia bem diferente.
Se vira para o sofá e nota que há algo fora do lugar, Há flores no vaso como todos os dias mas elas exalam um cheiro forte e terrível.

Ela sabe que não foi visitada hoje. Sente que tudo que queria era ser invadida, tomada de surpresa por um qualquer. Quem me dera se fosse ele, mas se fosse aquela também seria bom.
Segue em frente com um nó na garganta.
Sua artificialidade a impede de sentir o veludo que há em sua própria pele.
Está acostumada a não sentir mais nada pois ficou calejada por suas vontades.

Sua janela te dá várias possibilidades.

Ela ela está presa em seus muros. Fugir disso tudo seria como escalar o Monte Everest, brinca ela.

Ao sentar no seu sofá verde-musgo ela se sente muito bem. Está num mundo que ela mesma criou para ser seu.
Ela tem o que merece. E isso a faz sorrir de uma forma quase sádica.
Quando anda pelas ruas ela sorri para os mendigos, para os vagabundos, para os operários,  bancários, prostitutas, padres e donas de casa. Sorri pavorosamente.
Sorrindo ela não percebe suia condição. Da sua deterioridade, do seu vazio, da lama que se afundou.. Por isso ela anda pelas ruas sorrindo para todos. Ela se sente melhor.

Com jeitinho brasileiro.

Com jeitinho brasileiro.

Mas quando está em casa ela entra na maior fantasia que já sonhou .
Suas respostam indiretas criam uma funcionalidade para o que quer. Como não alcança acaba criando escapes para todo seu lixo.
Mas tudo é tão lindo, tão divertido….

Mas hoje é um dia diferente.

Ela sempre se distrái em sua casa.

Tanta ocupação que encontra no seu Walt Disney particular, que os dias passsam como se ela estivese crescendo.

Tudo ilusão.

Tudo a prende a essa vida inóspita e sem sentido.

O prazer que sente nisso tudo a faz escrava do seu próprio gozo.

Chega a ser doentia a sua risada. Ela já ri de coisas que nem sabe mais o que é.  È um ciclo vicioso dentro das suas quatro paredes. È tudo tão gostoso , tão incrível que ela quer sempre mais. Pede mais a qualqur um que passa. O valor já está no êxtase qu as coisas trazem. Por isso que tornou seu apartamento,  que apesar de ser pequeno, num luxuosos parque de diversões.

 

Mas hoje era um dia diferente…

Ela olhou pela terceira vez para sua janela e aceitou as possibilidades.

Escalou com passos leves seu sofá, olhou para aquela cidade de tão alto que queria a sentir de perto.  Tlavez assim ela encontrasse o que sempre quis.

Ela nunca deu um vôo tão alto.

Ela nunca foi tão feliz.

 

 

 

 

13/04/09

Um breve histórico de agenda.

Posted in Uncategorized with tags on 15 de abril de 2009 by multicolorido
 

Acreditem se quiser:  tirei td isso das minhas agendas!

O que encontramos numa agenda de mulher?

O que encontramos numa agenda de mulher?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por isso acho que está td bem sincero. Tem minha vida estampada ai. Que perigo! 

 

2003

Gostaria tanto de rever meus amigos que eu amo tanto… Ele para sempre estarão no meu coração.

Hj como quase sempre estou romântica e solitária, querendo desabafar com alguém coisas atoladas e que só Deus pode me responder.

Só Deus...

Só Deus...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 15/08/2003

Hoje é um dia em que eu estou mt feliz pq foi a primeira vez que eu realmente descobri que Deus é justo comigo. Talvez eu tenha me tocado pq Ele tem aberto portas e dado o que eu havia pedido na medida certa e na hora certa. 

 

Deus é justo. Ele é a minha alegria!

Deus é justo. Ele é a minha alegria!

 

 

 

 

 

 

 

 

2005

Sou a msm garota… Continuo frágil. Continuo com medo. Continuo buscando a felicidade em todo lugar… Quantas coisas aconteceram!! Aquei em casa vivemos a três.. Tudo bom, td ótimo. Só em pensar que a dois anos atrás td era tão difícil. TUDO. Agora minha consciencia é que me prende. Tenho relaizado coisas boas pra mim. Tenho mexido com o meu corpo como todos deveriam fazer… Sempre “correndo atrás do atletismo”. Minha imaginação voando alto, com os pés no chão. Minhas alegrias e tristezas eu divido com aqueles que merecem a minha confiança. Amando… Aqueles que estão ao meu redor.. Odiando… Aquilo que me deixa triste, todas as pressões. Afinal, “há tempo pra tudo” Agora espero que minha esperança não morra como todos os meus sentimentos maus que haviam aqui mas que eu mostrei o caminho da porta antes que eu os expulsassem. E o futuro? A DEUS PERTENCE!!

A saudade sempre bate....

A saudade sempre bate....

 20/01/2007

Cada ano uma surpresa. E uma mordida.

Cada ano uma surpresa. E uma mordida.

Sou uma saudosista de plantão. Tudo que eu faço eu me lembro, em pequenos detalhes, e já sinto falta. Como se faltasse algo sempre, como se no passado as coisas fossem melhores. Mas o que posso dizer de mim? Ousei mais, descobri mais. Sei que sempre fui ousada, mas descobri tb que ser ousada me dá saudade. Ano incrível esse , mas cheio de vazios e furos, de incompreensões e instabilidades. mas um dia eu chego lá… 

 

20/11/2007

Nesses meses vivi coisas que talvez esperei a vida toda para fazer. Me joguei de pára-quedas e dei com a cara no chão. Bom, erramos com a esperança de acertar um dia. Eu convivi mais com alguma amigas, fortaleci laços, abri minha mente e coração. Amadureci e fiquei de saco cheio. Quis ficar longe de td e de todos de tanto quebrar a cara. Deus me resgatou e me deu forças pra continuar. Agora sou mais eu, tentando ser como antes.

 

 

 2008

Nossa agora que me dei conta que meu ano de 2008 está em branco!

È que só escrevo nos anos ímpares!